Carta do leitor: Mais atenção à criança

Estimados amigos do jornal OPAÍS, Vocês têm feito um trabalho muito bom todos os dias, eu nem acreditava que pudéssemos ter em Angola um outro jornal diário e que fosse mesmo bom. Vocês nos dão esta alegria, pela vossa seriedade e pelo vosso esforço.

POR:Cristina António

O que me leva a escre ver para a secção Carta do Leitor é o número de crianças que vejo todos os dias na rua. Mesmo neste período em que deveriam estar na escola, ainda encontramos muitas crianças a passar o dia “abandonadas”. Nor mercados então nem se fala, especializaram-se na venda de sacos de plástico aos clientes. Não sei se são filhas das vendedoras, mas a verdade é que estão sempre lá, às centenas. Se andamos pelo interior de Viana, Fubu, ou mesmo no Cazenga, vemos muitas crianças semi-nuas nas ruas, descalças. Algumas com sinais de desnutrição, o que se nota pelo volume das barrigas e cor do cabelo. Julgo que a sociedade deve mobilizar-se para salvar as crianças, porque assim estaremos a salvar o futuro do país. Os políticos andam nas suas lutas, as igrejas também, aliás, como as crianças não pagam, a maior parte das igrejas nem tem programas para as crianças, só mesmo para os adultos, é como se para eles as crianças não existissem. O meu apelo é este mesmo, de olharmos mais para as crianças e procurarmos todos tratar melhor delas.