Cândida Teixeira passa a professora catedrática

Maria Cândida Pereira Teixeira, a primeira mulher angolana a licenciar- se em Física, bem como a fazer o mestrado em Física Nuclear Aplicada e o doutoramento em Física Atómica e Nuclear Aplicada, passou ontem de professora associada ao grau de catedrática.

A professora, que é também a primeira mulher a exercer o cargo de ministra da Educação, fez a prova pública de ingresso ao nível mais elevado na categoria de docente da Universidade Agostinho Neto sob a presidência do professor doutor Pedro Magalhães.

A forma como abordou o tema “Determinação de Radionuclídeos em Amostras de Solos e Fertilizante Fosfatado usando a Técnica Nuclear de Espectrometria Gama”, convenceu o corpo de jurados, presidido pelo reitor em exercício da Universidade Agostinho Neto, tendo-a aprovado com distinção. Deste modo, Cândida Teixeira passa a figurar num grupo restrito de docentes da primeira universidade pública do país a ostentar esse título académico. Apesar das funções governativas que exerce, segundo apurou OPAÍS, esteve sempre ligada à academia.

Neste momento, exerce as funções de coordenadora Provincial de Física de Luanda, auxiliar de Investigação da Faculdade Ciências, monitora e docente no Departamento de Física da Faculdade de Ciências. Exerce ainda o cargo de chefe de Departamento de Física da Faculdade de Ciências, vice-decana para a área científica da Faculdade de Ciências, de coordenadora do Núcleo Multissectorial de Ciência e Tecnologia Nuclear no Ministério da Ciência e Tecnologia.

Sob sua liderança estão ainda a Coordenação Nacional de Projectos com a Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), bem como o Projecto de Radio-protecção RAF/ 002/031 da Cooperação Técnica da AIEA. Cândida Teixeira é licenciada em Física pela Universidade Agostinho Neto (UAN), fez o mestrado e o doutoramento pela Comissão de Energia Atómica do Vietname em colaboração com a Universidade Politécnica de Hanói, capital do Vietname. Tem artigos científicos publicados em diversas publicações e participado em vários seminários, simpósios e congressos, tanto nacionais como internacionais.