ENDE prevê efectuar mil novas ligações em dois municípios

Mil novas ligações domiciliares de energia eléctrica serão efectuadas nas cidades de Mbanza Kongo e do Soyo, província do Zaire, até princípios de 2019, pela Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE).

A informação foi avançada hoje, Segunda-feira, em Mbanza Kongo, pelo director provincial da ENDE, Mazali Novais Paulo, em declarações à Angop, frisando que as ligações serão repartidas em 500 para Mbanza Kongo e igual número para a cidade do Soyo. Explicou que os trabalhos já decorrem, no âmbito do programa de expansão da rede eléctrica de média e baixa tensão na região, gizado pela empresa.

Actualmente, disse, a cidade de Mbanza Kongo dispõe de 9 mil ligações domiciliares, o Soyo conta com 7 mil, ao passo que no Nzeto foram já instaladas mil ligações em três dos seis municípios do Zaire que já beneficiam da energia da rede nacional.Ao todo, disse, cerca de 90 mil habitantes das três circunscrições já usufruem de energia eléctrica da rede nacional gerada por centrais hidroeléctricas de Cambambe e Laúca.

Informou estarem ainda em curso trabalhos de substituição da rede subterrânea de distribuição de energia eléctrica para a rede aérea, assim como de grupos geradores por contadores, em Mbanza Kongo. Quanto ao município do Soyo, a fonte disse terem sido instalados cinco postos de transformação de energia (PT’s), quatro destes com a capacidade de 160 Quilovolts e um de 250 Kvas.

Adiantou que estas acções vão permitir, em 2019, o lançamento do sistema de pagamento pré-pago com preços diferenciados em função do consumo de cada cliente nos municípios referenciados. Disse, a concluir, que a sede provincial do Zaire, Mbanza Kongo, consome, actualmente, apenas 40 por cento dos 32 MegaWatts de energia eléctrica que recebe desde 2016 da rede nacional. Disse que os restantes 60 por cento poderão servir para atender às unidades industriais ou outros empreendimentos que eventualmente venham a ser implementados na localidade.