Angolano salva 65 crianças na Alemanha e é homenageado

Um jovem que nasceu no bairro Maculusso, em Luanda, e emigrou para aquele país europeu aos 6 anos de idade com os seus familiares, foi herói num incêndio num autocarro escolar que quase terminava em tragédia. Neste momento, é destaque na imprensa europeia

Milton Manaça

André Tiago Manuel, de 36 anos, salvou 65 crianças que se faziam transportar num autocarro escolar de dois andares numa auto-estrada da cidade de Herten, na Alemanha, depois de a parte traseira do veículo, onde se situa o motor, começou a pegar fogo.

A história, digna de um filme de acção, aconteceu no dia 24 do corrente mês, quando Tiago, motorista de uma empresa de entrega de encomendas de mercadorias, se deslocava para o seu local de trabalho. Viu o autocarro que circulava na A2 a pegar fogo e alertou o condutor para que parasse de imediato, mas este ignorou-o.

Insistente, o jovem angolano continuou a fazer sinais ao seu colega de estrada, todavia, como este continuava a não dar sinal de abrandamento, Tiago arriscou a sua vida fazendo uma manobra perigosa. Colocou a sua viatura a frente do autocarro para forçar a paragem do transporte escolar até que o outro condutor cedeu.

Em declarações a OPAÍS, via telefónica, contou que correu imediatamente para alertar o condutor sobre a situação. Este, vendo as chamas, preocupou-se primeiro em ligar para os bombeiros e procurar um extintor de incêndio. Dada urgência, o angolano insistiu que as crianças tinham que ser retiradas imediatamente do veículo.

“Ele não aceitou e disse que tínhamos que esperar. Eu respondi que entraria e que se quisesse podia-me denunciar à Polícia quando chegasse. Entrei no autocarro e comecei a retirar as crianças em grupos, levando-as a uma distância de mais de 100 metros do local do sinistro”, explicou.

Depois desse processo, o destemido jovem regressou ao autocarro e fez uma vistoria para se certificar de não haver alguém escondido debaixo dos bancos. Não encontrando ninguém, começou a retirar os pertences dos estudantes da Erich-Klausener-Schule até às chamas atingirem o depósito. De seguida o autocarro explodiu, estando ele, as 65 crianças, o condutor e a vigilante escolar distantes do local do fogo.

Homenagem inesperada

Quando os bombeiros chegaram, prestou depoimentos e seguiu o seu caminho para o local de trabalho. Os meios de comunicação social,  ao saberem do incêndio, correram para o local e souberam dos bombeiros que o herói do “filme” já se tinha ido embora.

“Pediram o meu contacto e até hoje não paro de receber convites para entrevistas. Já apareci em vários canais de televisão, rádio e jornais da Bélgica”, contou.

Nascido no bairro Maculusso, em Luanda, o jovem, residente na Alemanha há mais de 20 anos, pai de cinco filhos, será homenageado pela escola na presença das crianças e dos pais destas, hoje. Tiago disse ainda que já foi contactado pela empresa fabricante do autocarro e por representantes do Estado para o homenagearem também

error: Content is protected !!