‘Vamos ver o que podemos fazer para que o custo de um barril de petróleo produzido em Angola seja mais competitivo, haja mais margem, haja mais lucro’, disse esta segunda-feira a nova líder da Sonangol, Isabel dos Santos, a seguir à sua posse como presidente do conselho de administração e administradora não executiva da empresa. (Leia o desenvolvimento desta notícia na edição de amanhã, Terça-feira, dia 7, de OPAÍS)

 

Comentários

comentários