Depois de ter falhado ontem a viagem por motivos administrativos, a Selecção Nacional de futebol parte hoje para Madagáscar.

O desafio entre Palancas Negras e os malgaxes agendado para Domingo, no Estádio de Mahamasina, em Antananarivo, é referente a primeira mão da última eliminatória de acesso ao CHAN 2018, a disputar-se no Quénia.

Ontem, o seleccionador nacional, Beto Bianchi, aproveitou o dia para aprimorar o sistema técnico e táctico visando ultrapassar os anfitriões. Deste modo, o combinado angolano realizará amanhã uma sessão de treinos para reconhecer o recinto de jogo. Na eliminatória anterior, os pupilos de Beto Bianchi afastaram da corrida à CHAN, as Ilhas Maurícias (1-1 e 3-2).

Trio de arbitragem das Ilhas Maurícias ajuíza o jogo

A partida entre a Ilha de Madagáscar e Angola contará com o trio de árbitro das Ilhas Maurícias. Deste modo, a equipa de arbitragem será liderada por Heeralall Ahmed Intehaz, tendo como auxiliares Rossaye Nawaz e Telvar Daniel. Por sua vez, Adelaide Ali Mohamed, das Ilhas Comores é a quarta árbitra nomeada pela Confederação Africana de Futebol (CAF). O desafio da segunda mão agendado para 19 deste mês, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, será dirigido por um quarteto de árbitros da Etiópia.

Comentários

comentários