Os sectores petrolífero com EUR 53,7 milhões e da construção com EUR 35,5 milhões, receberam conjuntamente metade do valor global comercializado pelo Banco Nacional de Angola ao mercado nacional.

O Banco Nacional de Angola realizou, durante a semana passada (entre 24 e 28 de Julho) vendas de divisas ao mercado no montante de EUR 170,3 milhões, equivalente a USD 190,3 milhões. De acordo com o relatório semanal do BNA sobre os mercados cambial e monetário, foram realizadas dez operações, tendo os sectores dos petróleos e da construção ficado com a maior “fatia” em divisas. Os dois sectores receberam, conjuntamente, EUR 88, 12 milhões . As operações foram realizadas a uma taxa de câmbio média de referência de venda do dólar americano de Kz 166,744 por cada unidade de dólar. Já a taxa de câmbio média de referência de venda do euro do mercado cambial primário, apurada ao final da semana, foi de Kz 186,298 por cada unidade da moeda europeia.

O relatório do BNA indica que para a gestão corrente do Tesouro Nacional, foram colocados no mercado primário títulos do tesouro no montante de Kz 69,8 mil milhões, sendo, Kz 48,2 mil milhões em Bilhetes do Tesouro, Kz 5,9 mil milhões em Obrigações do Tesouro indexadas ao câmbio (OT-TXC) e Kz 15,7 mil milhões em Obrigações do Tesouro indexadas ao câmbio (OT-TXC) extraordinário. Em relação à venda de divisas para cobrir operações de cartões de crédito, o BNA reservou EUR 9,9 milhões. As casas de câmbio receberam EUR 9,2 milhões, as operadoras de remessas EUR 8,9 milhões, bens alimentares EUR 6,1 milhões. Para a cobertura de operações lcom viagens, ajuda familiar, saúde e educação o BNA reservou EUR 8,9 milhões. Para cobrir operações dos demais sectores, foram reservados EUR 32,4 milhões.

As companhias aéreas com EUR 5,4 milhões e o sector dos seguros com EUR 268,5 mil, foram os que menos divisas receberam na semana transacta. Na mesma semana, verificou-se que no mercado interbancário, os bancos comerciais realizaram entre si operações de cedência de liquidez sem garantia de títulos, no montante acumulado de Kz 47,2 mil milhões, em maturidades de 1 a 31 dias, à taxa média de juro entre 15,00% a 22,35 pontos percentuais.

Comentários

comentários