Um donativo constituido por diversos produtos alimentares e de higiene foi entregue, ontem, ao Beiral, lar para a terceira idade, situado na Terra-Nova, município do Rangel, em Luanda, pelos trabalhadores da Rádio Mais em parceria com os integrantes da Associação Mais Amor

Por ocasião do 8º aniversário da Rádio Mais, assinalado ontem, 28 de Novembro, os trabalhadores do grupo Media Nova e não só levaram a cabo um conjunto de actividades, com destaque para a doação de bens não perecíveis ao Lar de terceira idade , Beiral, que acolhe 94 cidadãos.

Uma oferenda em que constaram livros, medicamentos, vestuário, água em garrafa, sumo, óleo alimentar, sacos de arroz e fuba de milho de 50 quilos, calçado e fraldas, entre outros produtos. Na ocasião também foi servida uma refeição (sopa) aos mais velhos.

A directora do lar, Guiomar Damião, mostrou-se satisfeita com a doação, tendo agradecido o gesto da Rádio Mais em parceria com a ONG Mais Amor, tendo apelado por mais actos solidários como esse e referido que os produtos recebidos ajudarão a melhorar a dieta alimentar dos idosos.

A responsável considerou a iniciativa como muito louvável por proporcionar momentos de alegria, afecto e amor aos idosos que carecem de muito apoio, pois o apoio exclusivo dos seus familiares não tem sido suficiente.

O Presidente do Conselho de Administração da Media Nova, Filipe Correia de Sá, explicou, durante o acto, que para além dos serviços directos que o grupo presta no âmbito da formação e de informar, também possui o lado da solidaridade, por via da qual tenta incentivar e assumir as responsabilidades que tem com a sociedade. “O gesto faz parte do plano de actividades sociais da empresa”, disse.

Filipe de Sá referiu ainda que a solidariedade está sempre presente, muitas vezes só não é possível concretizá-la porque não há condições para tal. Entretanto, realçou que sempre é possível ser solidário na proporção das condições e capacidades existentes. “Nós temos uma coisa que é fundamental: o grande capital dos nossos ouvintes e anunciantes. Essa acção não é só da Rádio Mais ou do grupo Media Nova, envolve também outras pessoas anónimas e empresas que contribuíram com os seus donativos para que essa acção solidária fosse concretizada”, afirmou.

Por sua vez, o director da Rádio Mais, Paulo Gomes, esclareceu que por estarem impulsionados pelo ambiente natalino que já se vive, admite a possibilidade de realizar uma acção de vulto.

“Essa é uma acção simbólica porque vai haver réplicas e para a época do natal vamos ter uma actividade um pouco mais alargada e com mais intervenientes”, frisou. Explicou que a referida actividade enquadra-se também nas comemorações do Dia do Idoso, que amanhã se assinala, pelo que serviu para recolher testemunhos dos mais velhos, autênticas bibliotecas vivas.

“Acarinhar os mais velhos, proporcionando- lhes momentos de descontração, particularmente por serem pessoas que saíram do seio familiar, representa uma obrigação”, ressaltou Paulo Gomes.

Já o presidente da Associação Mais Amor, Hirondino Garcia, apela às pessoas a serem solidárias todos os dias. “É importante que a gente quando se levanta, cumprimente o nosso parceiro ou as pessoas que estão dentro de nossa casa porque se a solidariedade começar aí, facilmente ela se espalha pelo mundo”, afirmou.

Fazem parte da Associação Mais Amor várias famílias que se juntaram com o propósito exclusivo de fazerem o bem. Hirondino Garcia revelou que os seus membros procuram fazer dois bens em um somente, designadamente fazendo um trabalho de beneficência, une as famílias que andam cada vez mais distanciadas.

A campanha de recolha de donativos prossegue e as pessoas interessadas em ajudar, podem deixar os seus bens nas instalações da Rádio Mais, no Projecto Nova Vida. Hoje, o Beiral alberga 94 idosos entre homens e mulheres.

Comentários

comentários