O treinador da Selecção Nacional sénior feminino de basquetebol, Jaime Covilhã, divulgou a lista das 12 atletas que vão disputar a fase final do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, a decorrer de 18 a 26 deste mês, em Bamako, Mali. Jaime Covilhã garantiu que as jogadoras escolhidas têm capacidade para resgatar o título perdido para o Senegal em 2015.

Ainda assim, o técnico explicou que a exclusão de Rodiane Duarte por questões administrativas, ou seja, por não ter ainda a documentação angolana, a atleta é filha de um angolano, mas nasceu em França. Por sua vez, Joana António foi a alternativa da equipa técnica. “Foi fácil escolher as doze jogadoras para o Afrobasket 2017, atendendo ao equilíbrio que encontramos em todas as posições”, frisou Jaime Covilhã, destacando o potencial aliado ao empenho das atletas na fase preparatória em Luanda e no estágio pré-competitivo realizado na cidade de São Paulo, no Brasil.

Jaime Covilhã adiantou que o conjunto nacional realiza, neste final-de-semana, dois jogos amistosos com o misto de Luanda, às 17 horas, no Pavilhão Multiusos do Kilamba, para concluir a fase preparatória da equipa, antes de rumar para o palco da competição. No Afrobasket, Angola está inserida no grupo A, com as selecções do Mali, Camarões, Tunísia e Costa do Marfim.

O cinco nacional estreia-se dia 18 deste mês frente aos Camarões, equipa com muitos argumentos técnicos e tácticos. Fineza Eusébio, Rosa Dala, Sónia Guadalupe, Cristina Matiquite, Ana Gonçalves, Luísa Tomás, Italee Lucas, Felizarda Jorge, Artemis Afonso, Whitney Miguel, Clarisse Mpaka e Nguendula Filipe são as basquetebolistas eleitas para a disputa do Afrobasket 2017 em Bamako, Mali.

Comentários

comentários