Notícias postas a circular nas redes sociais deram conta que o jornalista William Tonet terá posto à disposição o seu cargo de vice- presidente da CASA-CE.

Em causa, segundo se comenta, estariam alguns desentendimentos com a liderança da coligação partidária presidida por Abel Chivukuvuku. Contactado por OPAÍS, a partir do exterior do país, William Tonet não confirmou a consumação do afastamento, tendo apenas dito que, por se tratar de um assunto interno, não gostaria de fazer pronunciamentos públicos à respeito, enquanto o mesmo não for tratado em fórum próprio. “Espero que me compreendam, mas não fica bem eu falar de um assunto interno e de que outras instâncias certamente se ocuparão em momento próprio”, disse.

Ainda assim, Tonet disse que “algumas coisas são verdadeiras” e que “os documentos conferem”, naquilo que pode ser entendido como o reconhecimento da existência física de um posicionamento pessoal que o opõe à organização política a que pertence. Fontes internas contactadas por este jornal admitiram a possibilidade de existirem figuras da CASA- CE que não se simpatizam com as abordagens que o Jornal Folha 8, pertença de William Tonet, tem feito sobre a coligação.

Tais figuras, segundo as fontes, gostariam que o jornal fosse uma espécie de “meio transmissor” das ideias da CASACE, uma empreitada a que o jornalista se terá “negado terminantemente enquanto profissional”. Entretanto, o vice-presidente da organização, Alexandre Sebastião André, assegurou a este jornal que “o companheiro William continua, de pedra e cal, na CASA-CE”.

Comentários

comentários