1º de Agosto expressa indignação e recorre da decisão da FAF

1º de Agosto expressa indignação e recorre da decisão da FAF

O 1º de Agosto considera arbitrária a decisão do Conselho de Disciplina da Federação Angolana de Futebol (FAF) de retirar três pontos ao clube no Girabola2018/19 e de suspender o guarda-redes Toni Cabaça, pelo que recorrerá desta deliberação, afim de repor a . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta