A cultura da anulação: um inimigo a combater com urgência (I)

A cultura da anulação: um inimigo a combater com urgência (I)

“O homem é sagrado para outro homem” (Séneca)

Ao dedicar atenção à temática supra descrita, à primeira vista, poucas possibilidades escapam da perceção de que se está diante de um fenómeno, contrário às noções de relação, progresso pessoal e colectivo, porém, pesando . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta