A imanente imenente morte das línguas ancestrais

A imanente imenente morte das línguas ancestrais

As línguas naturais nunca pediram para nascer, gera lmente resultam do contacto lento entre duas ou mais línguas igualmente naturais, tal fenómeno provalmente tenha acontecido com todas as línguas naturais do globo, pois, a exemplo, se pode olhar para as línguas novilatinas que descenderam do . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta