Abuso sexual de crianças na UE aumentou no confinamento e Bruxelas quer travá-lo 

Abuso sexual de crianças na UE aumentou no confinamento e Bruxelas quer travá-lo 

O isolamento devido à pandemia de Covid-19 aumentou o número de casos de abuso sexual de crianças na União Europeia (UE), nomeadamente na Internet, informou nesta Sexta-feira a Comissão Europeia, apresentando medidas para o combater. 

Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta