Advogados repudiam em marcha ‘excesso’ da Polícia Nacional

Advogados repudiam em marcha ‘excesso’ da Polícia Nacional

Constantino Eduardo, em Benguela

A Ordem dos Advogados de Angola (OAA) entende que a suposta agressão física que sofrera o seu associado configurou o “entornar do caldo”, porquanto são muitas as arbitrariedades cometidas por agentes da Polícia Nacional, numa clara violação da Constitui . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta