Alemanha proíbe entrada na Europa a 18 suspeitos de matar Khashoggi na Turquia

Alemanha proíbe entrada na Europa a 18 suspeitos de matar Khashoggi na Turquia

A Alemanha emitiu proibições de entrada para 18 cidadãos sauditas suspeitos de envolvimento no assassinato do jornalista Jamal Khashoggi no consulado de Riade, em Istambul, proibindo-os efectivamente de entrar na zona Schengen livre de passaporte da União Europeia.


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta