“Alemãs, franceses e chineses estão interessados em entrar na Rede Camponesa”

“Alemãs, franceses e chineses estão interessados em entrar na Rede Camponesa”

Com previsão para abrir o seu capital social a partir de 25 de Julho, portanto, este mês, a Rede Camponesa de Angola, S.A, já suscitou interesse de empresas da Alemanha, da França, e da China. Mas, Gentil Viana, o gestor da Rede, avisa que “estar . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta