Angola deve adoptar novos métodos de combate à SIDA

Angola deve adoptar novos métodos de combate à SIDA

Pelo facto de não se terem alcançado as metas que nortearam o programa 2012-2015, conforme ditou a avaliação de resultados realizados no ano que seguiu o referido triénio, o Instituto Nacional de Luta contra a SIDA (INLS) desdobra-se à procura de novos métodos de actuação para o plano de 2019 - 2022.


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta