Annus horribilis

Pelas melhores ou piores razões, 2019 e 2020, serão certamente os anos que ficarão na memória dos angolanos que puderem vivê-los. Antes disso, 2017 marcou uma nova fase, por se tratar daquele em que, passados mais de 38 anos de . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta