Apelos a novos protestos após alegada abolição da Polícia da Moralidade do Irão

Apelos a novos protestos após alegada abolição da Polícia da Moralidade do Irão

Em quase três meses de protestos, mais de 400 pessoas morreram e pelo menos 2 mil foram detidas e acusadas de vários crimes por participarem nas mobilizações, entre as quais seis foram condenadas à morte

Activistas iranianos convocaram, ontem, Segunda-feira, protestos para os próximos . . .


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta