Arranque do ano lectivo ameaçado na Huíla, alerta o secretário provincial do SINPROF

Arranque do ano lectivo ameaçado na Huíla, alerta o secretário provincial do SINPROF

O secretário provincial do SINPROF na Huíla declarou ontem, (Sexta-feira) na cidade do Lubango, que o ano lectivo de 2018 pode não arrancar caso o Governo, através do Ministério da Educação, não responda satisfatoriamente ao caderno reivindicativo . . .


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta