Autoridades “cercam” viajantes em quarentena domiciliar

Autoridades “cercam” viajantes em quarentena domiciliar

O psicólogo clínico Nvunda Tonet, um dos cidadãos cadastrados na Quintafeira pelo grupo de técnicos de distintos departamentos ministeriais que esteve de serviço no aeroporto de Luanda, revelou, a OPAÍS, que foi recentemente contactado pelas autoridades. “Fisicamente ainda não, mas recebi, não . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta