Bolsonaro é alvo de queixa por crimes contra a humanidade no Tribunal de Haia

Bolsonaro é alvo de queixa por crimes contra a humanidade no Tribunal de Haia

A forma como o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro está a lidar com a pandemia levou um movimento que junta mais de 60 sindicatos e movimentos sociais a entregar no Tribunal Penal Internacional em Haia uma queixa por crimes contra a humanidade e genocídio. 

Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta