Bolsonaro e Israel, uma relação político-religiosa arriscada para o Brasil

Bolsonaro e Israel, uma relação político-religiosa arriscada para o Brasil

Ao anunciar a transferência da embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém, o Presidente- eleito Jair Bolsonaro respondeu às expectativas das influentes igrejas evangélicas, sua base de sustentação, correndo o risco de uma ruptura com uma política de mais de meio século do Itamaraty.


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta