Brasil e o desafio de mudar a política de segurança após um Janeiro violento

Brasil e o desafio de mudar a política de segurança após um Janeiro violento

Na madrugada de 1 de Janeiro, enquanto milhões de brasileiros celebravam o Ano Novo, a festa acabou cedo no complexo prisional de Aparecida de Goiânia: nove presos foram brutalmente assassinados, dois deles decapitados, numa rebelião que viria a marcar o tom do primeiro mês de 2018.


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta