Brasileiros da IURD acusados contratar marginais para atentar contra a vida de angolanos

Brasileiros da IURD acusados contratar marginais para atentar contra a vida de angolanos

Os pastores que integram a comissão de reforma da IURD dizem, em comunicado de imprensa a que OPAÍS teve acesso, que tais indivíduos, repartidos em grupos fortemente armados, dirigiram-se, às 3 horas da manhã de Quarta-feira, aos templos e às . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta