Carta do leitor: A lei do mais forte

Carta do leitor: A lei do mais forte

Caro director do jornal oPAÍS, em Angola, parece que as coisas não vão mudar nunca. em Benguela pior ainda. Aqui mesmo parece que vamos ter de organizar uma manifestação, porque alguém anda a brincar com o povo. o dinheiro fala . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta