Carta do leitor:Até onde chegamos…

Carta do leitor:Até onde chegamos…

Esta situação está além do intolerável. Ainda hoje de manhã, saí de casa para o centro da cidade e, fugindo ao engarrafamento, optei pelas chamadas vias alternativas (ruas de Luanda entregues à própria sorte; cheias de charcos de água, lama, buracos e . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta