Caso Sonegação de cadáver: Pastor da Igreja Pentecostal Shalom nega ter orientado a ocultação de corpo

Caso Sonegação de cadáver: Pastor da Igreja Pentecostal Shalom nega ter orientado a ocultação de corpo

Pastor Adilson Songo afirma ter sido pressionado pela família Braga, do Bairro da Luz, no Lobito, para sonegar o cadáver de Laurinda Braga, mas nega ter orientado a ocultação do mesmo e recebido 300 mil kz a troco da ressurreição da vítima. Entretanto, este pastor . . .


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta