Cegos querem Angola como segundo africano a ratificar protocolo de direito dos deficientes

Cegos querem Angola como segundo africano a ratificar protocolo de direito dos deficientes

O desejo foi manifestado por Lucas Amoda, representante internacional africano dos invisuais, durante a cerimónia que visou a reafirmação do protocolo à carta africana dos direitos dos deficientes do continente, onde o mesmo se referiu do facto de o país anfitrião já ter dado o penúltimo . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta