Chivukuvuku acusa tc de agir de má-fé na legalização do PRA-JA

O coordenador da Comissão instaladora do Partido PRA-JA SERVIR ANGOLA, Abel Chivukuvuku, acusa o Tribunal Constitucional (TC) de estar a agir de má-fé no processo de legalização do projecto político, por supostas irregularidades que o tribunal alega ter constatado nos processos entregues. Segundo Abel Chivukuvuku . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta