Cidadã que testou positivo em Benguela não violou a cerca sanitária de Luanda

Cidadã que testou positivo em Benguela não violou a cerca sanitária de Luanda

A cidadã em causa, cujo prédio onde reside foi interditado pelas autoridades para colheita de amostras aos demais moradores, viu-se obrigada a deslocar-se a Luanda, com carácter de urgência, devido a uma cirurgia a que se sujeitaria. Na capital, viria . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta