Cidadão morto a catanada por se recusar a pagar multa de adultério

Cidadão morto a catanada por se recusar a pagar multa de adultério

Um cidadão de 40 anos de idade foi morto, na tarde desta Quinta-feira, no município da Chibia, cidade do Lubango, província da Huíla, por se ter recusado a pagar uma multa por adultério, chamada ‘Ukoi’

Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta