Confinamento em empresa em Benguela leva sindicato a falar em “escravatura moderna”

Confinamento em empresa em Benguela leva sindicato a falar em “escravatura moderna”

Os funcionários da empresa Guanda Pesca sustentam que, desde que o país começou a viver estados de excepção constitucional, a empresa os tem sujeitado àquilo a que chamam de cárcere privado, uma vez que não lhes é permitido qualquer contacto . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta