Noviços artesãos da palavra questionam o curso do país

Noviços artesãos da palavra questionam o curso do país

A historiografi a da literatura angolana está marcada por gerações literárias cujos escritores e seus escritos continuam a inspirar jovens. À semelhança dos poetas de outrora que usaram a arte para denunciar as injustiças sociais e a coisifi cação a que estava sujeito o homem colonizado, vão surgindo jovens poetas e slammers que ousadamente questionam o curso que o país está a seguir.

Os noviços artesãos da palavra emergem da silenciosa penumbra, irreverentes e vestidos de coragem, atráves do discurso poético, vão adoptando o carácter literário forjado pelo génio dos escritores engajados que os precederam para também questionarem os políticos, denunciarem injustiças e todos os vicíos que enfermam a nossa sociedade.

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.