Daesh reivindica atentados no Sri Lanka que já matou 321 pessoas

Daesh reivindica atentados no Sri Lanka que já matou 321 pessoas

Relatório entregue ao governo do Sri Lanka mostra como um dos principais suspeitos dos ataques começou a publicar nas redes sociais conteúdos de caráter extremista depois da morte de 50 muçulmanos na Nova Zelândia.

Número de mortos no Sri Lanka subiu para 321 . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta