De Monastir para Luanda com o Mundial da China na bagagem

De Monastir para Luanda com o Mundial da China na bagagem

A Selecção Nacional de andebol em cadetes femininos regressou, ontem, à capital do país, Luanda, depois de ter terminado na quarta posição na décima nona edição do Campeonato Africano das Nações (CAN), que se disputou de 15 a 23 do corrente mês, na cidade de Monastir, na Tunísia.

O sete nacional falhou a disputa da final da competição, depois de perder nas “meias” diante da Guiné Conacry, por 25-21.

Naquele desafio, disputado no Salle Couvert de Monastir, o conjunto angolano revelou-se aquém do que era esperado, razão pela qual perdia ao intervalo, por 12-7.

Angola, três vezes campeã continental, apresentou falta de agressividade no momento defensivo e de concentração no processo ofensivo. Na atribuição do terceiro lugar, as angolanas perderam diante da Nigéria, por 28-24.

Embora tenha falhado o objectivo, o elenco de Fernando Luís chega ao país com o sentimento de dever cumprido, visto que o combinado angolano garantiu a qualificação para o Campeonato Mundial da China de 2024.

De realçar que o Egipto foi o campeão da prova, após vencer na final a Guiné Conacri, por 29-16.

Eis as formações que já conquistaram a competição: Côte d’Ivoire (2000), Angola (2009, 2011 e 2013) e Egipto (2015, 2017, 2019, 2022 e 2023).