Desvio de Fundo da Saúde: Réu não se recorda de transferências milionárias

Desvio de Fundo da Saúde: Réu não se recorda de transferências milionárias

Ouvido, ontem, em tribunal, Mauro Gonçalves, o segundo réu do caso em que três cidadãos vêm acusados de terem transferido, de modo fraudulento, fundos do Programa Nacional de Controlo da Malária, referiu inúmeras vezes que não se recordava das transferências feitas . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta