Diógenes de Oliveira: Temos mão-de-obra suficiente para fiscalizar o mercado de consumo”

Diógenes de Oliveira: Temos mão-de-obra suficiente para fiscalizar o mercado de consumo”

Senhor director, como anda, hoje, a relação consumidor e fornecedores em termos de observância dos direitos, deveres e obrigações à luz do que estabelece a Constituição e restantes leis do país?

Devo dizer que já esteve pior. No passado era vista apenas e simplesmente . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta