Directora da UIF vai hoje ao Tribunal Supremo esclarecer a Burla à Tailandesa

Directora da UIF vai hoje ao Tribunal Supremo esclarecer a Burla à Tailandesa

Francisca de Brito foi arrolada no processo como testemunha pela Procurador ia-Gera l da República, pelo facto de ter movido um processo- crime no Serviço de Investigação Criminal (SIC) contra os tailandeses da Centennial Energy (Thailand), Company que se predispunham a investir no país a . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta