Dois mil migrantes morreram este ano no Mediterrâneo

Dois mil migrantes morreram este ano no Mediterrâneo

Cerca de dois mil refugiados e migrantes morreram no mediterrâneo desde o início do ano, anunciou, ontem Terça-feira, 6, a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), considerando que a situação se está a agravar Um total de 150 mil requerentes de asilo e migrantes conseguiram chegar à Europa desde o início do ano, o que indica que o nível actual é semelhante aos registados antes de 2014, quando começou a grande crise de refugiados na Europa, mas o número de mortes na travessia está a aumentar.


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta