Duas décadas e meia depois do genocídio, o Ruanda é outro país

Duas décadas e meia depois do genocídio, o Ruanda é outro país

Um crescimento económico de 8,9%, um parlamento com 64% de mulheres, igualdade de género legislada e ensino e cuidados de saúde universais são algumas das realidades no Ruanda, um país que ainda tenta ultrapassar o genocídio de h . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta