E as alternativas?

E as alternativas?

O que é verdadeiramente triste em Angola é a vontade de não querer pensar que muita gente tem. 

A discussão que envolve famílias de todo o país está centrada no reinício, ou não, das aulas . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta