É de hoje…: Fogos de artifício

É de hoje…: Fogos de artifício

Desde hoje, Angola vela aquele que foi o seu presidente entre 1979 e 2017, quase quatro décadas.

Era expectável que a esta hora, no Mausoléu e noutros pontos do país, cada um de nós pudesse passar defronte ou curvar-se diante dos restos mortais em . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta