Centro Regional de Liderança da Mandioca concluído em Maio de 2024

Centro Regional de Liderança da Mandioca concluído em Maio de 2024

As obras de construção do Centro Regional de Liderança da Mandioca, orçadas em cerca de cinco milhões de dólares norte-americanos, serão concluídas em Maio de 2024, com vista a apoiar a investigação e aumentar o nível de produção do tubérculo

A empreitada, que é uma das componentes do Programa de Produtividade Agrícola para a África Austral (APPSA), arrancou em Novembro último e contempla escritórios, laboratórios e áreas de estufas e de apoio técnico. A informação foi prestada ontem pelo coordenador do APPSA/Angola, Joaquim César, à margem de uma visita de técnicos do Banco Mundial, entidade financiadora do projecto, que visou avaliar a sua implementação.

Joaquim César disse que, a par do Centro Regional de Liderança da Mandioca, o APPSA está a desenvolver 39 projectos de investigação voltados para as culturas da mandioca, milho e feijão, com vista a melhorar as técnicas e os níveis de produção, bem como dinamizar a cadeia de valor por parte dos agricultores familiares.

Por outro lado, informou que o programa tem formado extensionistas e financiado cursos de pós- graduação, mestrado e doutoramento no ramo agrário. Por sua vez, o especialista sénior de agricultura do Banco Mundial Aniceto Timóteo Bila destacou o progresso que se tem vindo a registar com a implementação do APPSA em Angola, sobretudo aos ensaios de adaptabilidade das culturas e sua resistência à seca, para além da construção do centro regional. Adiantou que os primeiros resultados dos experimentos começam a ser divulgados em Junho de 2024.

Financiado pelo Banco Mundial (BM), o APPSA é um projecto de âmbito regional implementado pelo Instituto de Investigação Agronómica em Angola e a sua congénere do Lesotho, com a coordenação regional do Centro de Coordenação de Pesquisa Agrícola da África Austral (CCARDESA). Tem por objectivo aumentar a disponibilidade de tecnologias agrícolas, mediante o estabelecimento de centros de liderança de produtos de importância regional e apoio à pesquisa agrícola.

O projecto centra-se, igualmente, na disseminação de tecnologias, treinamento e partilha de conhecimentos entre os países participantes. Para além do Centro de Liderança da Mandioca em Malanje (Angola), o APPSA conta com Centros de Liderança do arroz em Moçambique, de milho (Malawi), leguminosas (Zâmbia) e de horticulturas no Lesotho.