Governo lança I fórum de investidores para a região do Okavango

Governo lança I fórum de investidores para a região do Okavango

O Ministério da Cultura e Turismo, realiza nesta quinta- feira, 30, a cerimónia de lançamento oficial do I fórum de investidores para a região angolana do Okavango, para apresentar as potencialidades e as oportunidades de negócios existentes

O fórum visa ainda reunir os investidores nacionais e estrangeiros para troca de experiências entre os investidores que operam no turismo na região transfronteiriça do Okavango. Em Julho, na visita que efectuou no Botsuana, o Presidente João Lourenço anunciou que seria realizado, em 2023, o primeiro Fórum de Investidores para a região angolana do Okavango, “que representa uma grande oportunidade” para os grandes investidores que actuam no Delta do Okavango conhecerem o potencial e as oportunidades de negócio.

Realçou, na altura, que Angola definiu o turismo como um sector prioritário na sua estratégia de diversificação da economia, que passa pelo aproveitamento das potencialidades turísticas da Região angolana do Okavango.

O chefe de Estado acrescentou que Angola está a trabalhar na componente angolana do Okavango, tendo sido criado um grupo multissectorial para análise e inventariação dos recursos faunísticos e fundiários, para ultrapassar todos os constrangimentos que condicionavam a plena participação de Angola nesta louvável iniciativa.

A 10 deste mês, durante a inauguração do Aeroporto Internacional Dr. António Agostinho Neto, João Lourenço disse que o Governo está a avaliar a construção de dois novos aeroportos nas províncias do Cuando Cubango e do Moxico, Leste do país, que integram o projecto turístico Okavango/ Zambeze.

O Presidente referiu que Angola está apostada em desenvolver o turismo na zona do Okavango/ Zambeze, estando a “ponderar muito seriamente a possibilidade da construção dos aeroportos de Mavinga (Cuando Cubango) e de Cazombo (Moxico)”. “Tudo isso tendo em vista o grande potencial turístico que aquela região do Okavango/Zambeze possui nessas duas províncias”, sublinhou.