Editorial: sabotagem interna

Editorial: sabotagem interna

João Lourenço foi o primeiro a dizer, de viva voz, que queria ser fiscalizado, que quer opiniões diversas em Angola, pluralidade de imprensa e de pensamento, o que se trata de uma sábia opção, porque apenas assim poderá ter as luzes necessárias para bem . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta