Empresário falido acusa IURD de burla de 700 milhões Kz

Empresário falido acusa IURD de burla de 700 milhões Kz

Membro da IURD há quase 10 anos, o ex-empresário explicou que o método usado por pastores e bispos para retirarem o seu dinheiro foi por via das ‘correntes de fogueira santa’, durante as quais terá sido coagido a participar, por pastores, depois . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta