Empresas do sector produtivo e bens essenciais na Huíla incentivadas a aumentarem a produção

Apenas as empresas do sector produtivo ou que produzem produtos podem circular durante o período de Estado de Emergência no país, que vai no 10º dia, com 13 casos activos. O presidente da Associação Agró-Pecuária Comercial e Industrial da Huíla (AAPCIL), Paulo Gaspar . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta