Exercitando a cidadania…

Exercitando a cidadania…

Não sou um conivente cidadão da sociedade angolana que, receando a mudança do status quo, profetiza «perigos imaginários» que resultam até de reivindicações legítimas de um “povo” atento aos problemas sociais e permanentes exclusões sistemáticas. Preocupa-me, entretanto que parte da juventude . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta